• 02/09/2021

    Como lidar com as frustrações no Trading

    Artigos | Compartilhar:

    Imagine que você entrou numa operação com a certeza de que ganharia uma bela grana, e já poderia encerrar as atividades do dia em poucos minutos de trabalho como o Trader de sucesso que é. Porém, assim que você fez sua escolha de comprar/vender, uma notícia abalou os mercados do mundo todo, e o preço foi para a direção oposta daquela que você acreditava/tinha convicção de onde ele iria. 

    Neste momento, um ganho que poderia deixar seu humor no melhor nível possível se transforma numa perda de proporções emocionalmente desastrosas. É neste instante que o mercado financeiro, naturalmente, separa os verdadeiros ganhadores daqueles que terão uma jornada mais difícil, de repetidas frustrações.

    Vencedores X Perdedores

    A diferença dos traders vencedores para os traders perdedores está na forma como lidam com as frustrações. No caso dos que são mais inexperientes (ou podem até ser experientes, mas continuam com dificuldades emocionais) as perdas causam um certo dano na forma como enxergam suas operações. A partir do loss, a entrada no mercado será diferente de como era inicialmente. 

    Suas percepções estarão modificadas e sua preocupação maior, mesmo que no campo inconsciente, será em não repetir o mesmo “erro”, ou seja, em não perder mais dinheiro, em vez de focar em analisar a qualidade da operação em que está entrando. Este perfil de trader se esquece muito rápido de todos os sucessos que já obteve utilizando aquela mesma estratégia, e fica horas, dias, semanas ou até mesmo meses remoendo a perda que “não deveria ter acontecido”, aquela baita “sacanagem” que o mercado fez com ele.

    Trader experiente

    Já o trader experiente, neste mesmo contexto, tem uma reação diferente: ele se utiliza de um processo psicológico chamado racionalização. Este é um mecanismo de defesa, em sua maior parte inconsciente, no qual as falhas e os erros são perdoados e desculpados, de modo a que seja preservada a autoestima do sujeito. 

    Este utiliza como base um raciocínio lógico para explicar os seus sentimentos e emoções que não controla. Em resumo, este trader vencedor pensaria o seguinte: “o mercado se movimentou de maneira diferente do que foi estudado, por causa de uma notícia ou de algum evento que não poderia ter sido previsto, mas eu utilizei as mesmas técnicas e estratégias que utilizo na grande maioria das minhas operações vencedoras. Portanto, esta perda faz parte da minha rotina de operações, e a próxima entrada será novamente com base em tudo o que já estudei e treinei”. 

    Usando o psicológico a seu favor

    Percebe-se uma grande diferença de postura entre ambos operadores. O primeiro se deixa levar pela emoção, pelo medo de perder (mais) dinheiro, e acaba tendo suas escolhas seguintes enviesadas por este medo, que foi resultado da frustração da perda anterior. O segundo também se frustra, pois ele é humano, e as emoções não podem ser bloqueadas. Entretanto, ele se utiliza de um mecanismo de defesa psicológico para superar rapidamente a frustração e voltar a enxergar o mercado como ele é: um oceano de possibilidades que são oferecidas a todos, de forma igual, a cada segundo. 

    Não é possível que o trader consiga eliminar a frustração da perda, o medo do desconhecido ou a ansiedade pelo lucro, mas é possível e necessário que ele regule suas emoções de forma que estas sejam suas aliadas no sucesso da profissão. Siga as suas metas e leia o nosso artigo O que nunca te contaram sobre metas”.

    A Criptomaníacos conta com o serviço de psicologia para investidores, a fim de que você possa identificar com clareza qual é o seu perfil e aprender como lidar com o dinheiro de forma mais saudável e vantajosa. Para conhecer mais sobre o serviço, basta entrar em contato clicando aqui.

    Artigo escrito por Mariana Sant, psicóloga financeira da Criptomaníacos.

    @entrandonoseixos

    VOLTAR
    Autor: Carol Almeida
Hover protuguês Hover inglês Hover youtube Hover telegram Hover instagram Hover facebook Hover twitter