• 27/11/2020

    Usando um cartão de criptomoedas no Brasil

    Artigos | Compartilhar:

    O mercado de criptomoedas continua crescendo e bem aquecido! Moedas tradicionais como o bitcoin vem sendo um porto-seguro em meio à crise, enquanto alguns tokens da rede Ethereum passaram por forte valorização.

    Mesmo em ascensão, muitos se questionam como as criptomoedas podem se transformar de uma vez por todas de meros ativos de especulação para forma de pagamento eficaz, de uso cotidiano.

    Para solucionar este ponto de questionamento, empresas do setor criaram cartões pré-pagos de criptomoedas; a fim de colaborar na usabilidade e maior adesão deste tipo de pagamento entre investidores e usuários comuns.

    Vale lembrar que cartões que utilizam criptomoeda são, fisicamente, praticamente iguais aos cartões que você costuma usar no seu dia a dia. O grande diferencial deles é que você carrega o saldo com bitcoin ou outras moedas suportadas, geralmente como um cartão pré-pago.

    Já postamos um artigo sobre o assunto e você pode conferi-lo clicando aqui.

    Mas, como podemos usar um cartão de criptomoedas em nosso dia a dia?

    Sabendo que no Brasil este tipo de serviço está disponível apenas através da corretora NovaDAX, decidimos testar na prática como seria pagar uma conta barata e simples com bitcoin.
    Com o cartão de criptomoedas da NovaDax, é possível carregar saldo no cartão para gastar na modalidade crédito à vista.

    A seguir, você confere essa experiência.

    A emissão do cartão


    Para criar uma conta digital e solicitar um cartão de criptomoedas não tem nenhum segredo. Não foi preciso nenhum passo adicional, além das verificações e validações de conta usuais das corretoras brasileiras.

    Foi necessário esperar aproximadamente 10 dias entre a solicitação e chegada do cartão. Ao receber, basta acusar o recebimento dentro da própria NovaDAX e escolher uma senha de 4 dígitos, assim como com qualquer outro cartão.


    Foi preciso também instalar e habilitar o Google Authenticator, que é uma camada adicional de segurança de sua conta, fornecendo chaves de acesso em seu celular.


    Com a autenticação feita, basta selecionar a moeda digital como forma de pagamento de seu cartão de criptomoedas. E pronto! Com poucos passos o cartão de crédito pré-pago estava em condições de uso.


    Depósito de reais/conversão em criptomoedas

    Comprar bitcoins foi extremamente fácil e simples, visto que optamos por uma conta da exchange que aprova automaticamente os depósitos efetuados. Em questão de minutos o saldo em reais estava disponível para a compra de bitcoins. Depositamos 100 reais. Não houve taxa para a operação.


    Para a compra, usamos a plataforma de trading da corretora, que é bonita, intuitiva e de fácil uso. Não tivemos nenhum problema em nenhuma parte do processo. Taxas de compra se aplicam, assim como nas demais exchanges.


    Com o cartão configurado e algum saldo para testar, faltava o principal: comprar! Queríamos uma experiência que nunca tínhamos pensado com bitcoin.

    Para garantir que nós poderíamos usá-lo de forma simples como qualquer outro cartão, deixamos o celular em casa. Assim não era possível entrar em nossa conta para resolver qualquer problema! A hora da verdade estava chegando…

    Pagando com bitcoins

    Um dia de sábado. Sol e um azul lindo no céu. Por que não sair para almoçar no interior?
    O local escolhido foi Itaverava, uma acolhedora cidadezinha de Minas Gerais que possui menos de 6 mil habitantes. O restaurante que encontramos cobrava 20 reais pela refeição.

    Após uma comida deliciosa e um ambiente agradável, faltava usar nossos satoshis para pagar, não é?

    A ansiedade de usar bitcoin pela primeira vez como forma de pagamento em um serviço comum deu lugar a esperada mensagem de “Sua transação foi aprovada”. A modalidade de pagamento foi descrita na maquininha como “crédito à vista”.

    Taxas e demonstrativos

    Ao chegar em casa, não foi necessário entrar em minha conta para ver como foi a conversão de bitcoins em reais. Recebi dois emails que detalharam todo o processo. No primeiro, mostrava a conversão entre o real para bitcoin.

    Para os 20 reais gastos, a taxa final do processo ficou em cerca de 6 centavos. Interessante e positivo, não é?


    O segundo email mostrava o saque dos 20 reais, ou seja, a retirada feita para que o pagamento fosse feito para o restaurante. Sendo assim, eu paguei em bitcoins, mas o estabelecimento comercial recebeu em reais!

    Impressões finais

    Para um entusiasta das criptomoedas como nós da Criptomaníacos, vai ser muito fácil se acostumar com a ideia do pagamento em bitcoins através de um cartão de crédito pré-pago. Vale ainda lembrar que são mais de 25 criptomoedas disponíveis para o serviço da NovaDAX. Basta você escolher a sua preferida entre uma vasta lista e começar a usar.

    Para os críticos sobre a usabilidade e adoção das criptomoedas pelo público em geral, nossa sugestão é que possam tirar a prova e experimentar o cartão de criptomoedas. Tudo é tão fácil e simples que fica acessível para qualquer pessoa que consiga lidar com um cartão convencional.

    No estabelecimento que usamos o cartão NovaDAX, o funcionário que efetuou o pagamento nem ao mesmo percebeu que se tratava de um cartão menos tradicional. Para o comerciante, o uso é exatamente igual aos outros usados em suas maquininhas.

    Agora que você já sabe como é fácil adotar as criptomoedas como meio de pagamento no dia a dia, aproveite a oportunidade, peça o seu cartão de cripto da NovaDAX e comece a migrar do sistema financeiro tradicional para o sistema financeiro disruptivo.

     

    *Artigo patrocinado pela NovaDax.

    VOLTAR
    Autor: Felipe Mendes
Hover protuguês Hover inglês Hover youtube Hover telegram Hover instagram Hover facebook Hover twitter